Quarta, 12 Julho 2017 13:16

Dom Afonso Fioreze renuncia e Dom Waldemar assume governo pastoral da Diocese de Luziânia

Nesta quarta-feira (12) o pedido de renúncia do bispo de Luziânia (GO) Dom Afonso Fioreze foi aceito pelo papa Francisco e a Nunciatura Apostólica no Brasil fez o comunicado oficial, conforme o Cânon 401, parágrafo 1, do Código de Direito Canônico, que estabelece a decisão por motivos de idade. Dom Afonso exerceu o ministério episcopal na Diocese de Luziânia por 17 anos.

Dom Waldemar Passini Dalbello, que era bispo coadjutor desta diocese desde o dia 24 de janeiro de 2015 é quem assume o governo pastoral. Ele é um bispo jovem, porém já com grandes serviços prestados à Igreja. Nomeado bispo auxiliar de Goiânia (GO) em 30 de dezembro de 2009 e ordenado em março de 2010, Dom Waldemar realizou um trabalho reconhecidamente de grande expressão na capital goiana. Já em 2011, foi nomeado pela Congregação para os Bispos como Administrador Apostólico da Arquidiocese de Brasília (DF) no período até a posse do novo Arcebispo Metropolitano de Brasília, Dom Sergio da Rocha, atual Cardeal e presidente da CNBB, que ocorreu aos 6 de agosto de 2011. Foi nomeado bispo coadjutor de Luziânia em 3 de dezembro de 2014.

Dom Waldemar representa a Região Cone Sul no Conselho Episcopal Latino Americano (Celam), no qual ele é membro do Departamento de Missão e Espiritualidade, para o quadriênio 2015-2019, que compreende, além do Brasil, o Uruguai, o Paraguai, a Argentina e o Chile. E na CNBB já serviu na Comissão Episcopal Pastoral para Ministérios Ordenados e Vida Consagrada de 2011 a 2015.

O novo bispo diocesano de Luziânia tem formação sólida em Sagrada Escritura. Estudou no Instituto Bíblico de Roma, na Itália, e na Escola Bíblica, em Jerusalém, Israel. Na sua formação antes de entrar para o Seminário Maior de Brasília, em 1989, destaca-se o fato de ter se formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás.

“Para congregar na unidade” (Congregare in unum), é o lema episcopal de Dom Waldemar.

Dom Afonso Fioreze

Desde 1993 exercia sua profissão religiosa em Porto das Caixas, Itaboraí (RJ), como pároco e reitor do Santuário de Jesus Crucificado. Foi nomeado, pelo papa João Paulo II, para a Diocese de Luziânia em 2003. Nascido em 1º de junho de 1942, na cidade de Rio Branco do Sul (PR), ingressou no Seminário de Jesus Crucificado, em Colombo (PR), sendo posteriormente transferido para o Seminário São Gabriel da Virgem Dolorosa, em Osasco (SP), onde concluiu o segundo grau. Em fevereiro de 1964 fez a profissão religiosa na Congregação da Paixão de Jesus Crucificado (Passionista), em Colombo (PR). Cursou Filosofia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e Teologia no Instituto de Teologia de Curitiba. Foi ordenado sacerdote em 26 de Junho de 1970, em Rio Branco do Sul (PR).

Seu lema episcopal é “A paixão de Cristo nos impulsiona”.

Com CNBB Nacional

 



www.diocesedeluziania.com.br

 

BISPO DIOCESANO

Dom Waldemar Passni Dalbello

BISPO EMÉRITO

Dom Afonso Fioreze

(61) 3621-2022 
mitradiocesanaluziania@yahoo.com.br
Res. Av. Claro Carneiro Mendonça, 199, Parque JK, 72.800-000 – Luziânia – GO

MUNICÍPIOS: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás.

© 2017 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854